O milagre do pão

O milagre do pão

milagre

A fila da necessidade, assim lhe chama o jornal El País, nasce às 6:00. Duas horas antes da abertura da padaria, centenas de pessoas, essencialmente idosos, marcam lugar. Por aqui passam todos os dias quatro mil pessoas.

Antonio Sanchéz tem 74 anos, percorre diariamente a pé três quilómetros para comprar este pão a 20 cêntimos. António leva no saco cinco baguetes, uma ajuda para os sete netos, todos desempregados.

Na padaria de Pepe Navarro o pão custa uma quarta parte do que custa nas outras padarias, mesmo nas grandes superficies o preço é o dobro.

Dentro da padaria, Angelita Juaréz, octagenária, descansa num banco onde pousa um saco com dez baguetes. Ao repórter do El País, conta que alimenta sozinha seis netos. Com lágrimas a rolarem pelo rosto diz que é um regresso ao antigamente, ao tempo em que as dificuldades racionavam a comida.

Mas em Valência nem todos aplaudem a iniciativa de Pepe Navarro: um padeiro, filho de padeiro que iniciou em Setembro o que muitos apelidam já de o milagre do pão.

Sofia Morais. Fonte: http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=2950113&tag=p%E3o

Deixe o seu cometário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s